Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

27
Out09

Exercicios emagrecimento localizado

Longaevitas

Exma. Prof. Dra. Isabel
Gostaria de colocar a seguinte questão: quais os melhores
exercícios para reduzir alguns centímetros nas ancas e coxas? E que
tipo de alimentos evitar? Tenho um peso correcto, apenas luto contra
esta zona do meu corpo!
Agradeço desde já a atenção.
Com os melhores cumprimentos
Cátia

 

 

26
Out09

Celulite

Longaevitas
 A celulite  tem origem em diversos factores e  o seu desaparecimento, total, não é fácil de conseguir. Na sua origem podem estar:
Ø Factores hereditários;
Ø Factores hormonais;
Ø Falta de exercício do tipo aeróbio;
Ø Má circulação periférica;
Ø Estilo de vida sedentário (andar pouco a pé, nunca subir escadas, tempos livres são pouco activos...) associado a peso a mais;
Ø Maus hábitos alimentares.
 
O tipo de actividade física ideal é o treino aeróbio (ou treino cardiovascular).
O nosso primeiro conselho consiste em, se possível  utilizar o Infrafit (a máquina que vê em cima) que é uma máquina que conjuga o exercício aeróbio com a incidência de infravermelhos nas zonas específicas onde pretende perder celulite e gordura localizada.
Se quiser mais esclarecimentos específicos poderá contactar connosco no Longaevitas no Taguspark.
22
Out09

Infrafit - emagrecimento localizado

Longaevitas

 

INFRAFIT: RESULTADOS COMPROVADOS NO EMAGRECIMENTO LOCALIZADO
 
O Infrafit foi objecto de estudos científicos, entre eles o publicado no prestigiado Journal of Obesity. Está claramente comprovada a sua eficácia na redução do excesso de peso em áreas localizadas.
 
Como funciona?

 

22
Out09

EMAGRECIMENTO LOCALIZADO COM INFRAFIT

Longaevitas
INFRAFIT: RESULTADOS COMPROVADOS NO EMAGRECIMENTO LOCALIZADO
 
O Infrafit foi objecto de estudos científicos, entre eles o publicado no prestigiado Journal of Obesity. Está claramente comprovada a sua eficácia na redução do excesso de peso em áreas localizadas.
 
Como funciona?

 

19
Out09

Intolerância alimentar chave para a compreensão da inflamação crónica

Longaevitas

 


Nova investigação revela ligação e oferece solução para quem sofre de inflamação crónica


A eliminação de alimentos problema da dieta pode reduzir drasticamente os sintomas da inflamação crónica, de acordo com nova pesquisa realizada pela Universidade de York e pela Yorktest, líder em investigação sobre alergia alimentar.
Apoiada em recentes descobertas clínicas que identificaram a ligação directa entre alimentação e diversas doenças inflamatórias do corpo, a nova pesquisa oferece esperança a 45% da população, que se pensa sofrerem de inflamação crónica, como cólon irritável, artrite e psoríase.

01
Out09

Um caso de enxaquecas e Yorktest

Longaevitas

A Maria de Fátima sofreu de dores de cabeça e enxaquecas durante mais dez anos. Muitas vezes as enxaquecas eram acompanhadas de enjoos e sensação ede "ver estrelas", e ela tinha que se retirar para um quarto escuro por períodos prolongados. Além das dores de cabeça sentia uma grande letargia.

Como nunca lhe foi receitado mais nada senão comprimidos para as dores, ela decidiu fazer um teste de alergia às IgG (neste caso o Yorktest).  O resultado mostrou que tinha intolerância aos lacticínios, ao fermento e às nozes.

 

 

 

Alguns dias depois de ter deixado de ingerir estes alimentos, começou a sentir-se melhor quer em relação às dores de cabeça, quer à clareza de raciocínio. Além disso melhorou os seus níveis de energia, bem como outros sintomas de que se queixava, como a  sinusite.

 

O número de episódios de enxaquecas diminuiu consideravelmente, e quando recentemente comeu uma fatia de queijo percebeu qual a importância de manter a dieta com rigor.