Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

09
Mar10

Body Combat e Gravidez

Longaevitas

 

Bom dia,
Estou grávida de 6 semanas e frequento o ginásio regularmente há 1 ano e meio onde praticava quase diariamente actividades como Body Combat, Power Jump, Body Pump, Body Balance e Localizada.
Quando comecei a tentar engravidar aconselhei-me, de imediato, com os meus instrutores sobre quais as modificações que teria de fazer no meu treino ao que me foi aconselhado (mediante as aulas que existem no meu ginásio) que depois da confirmação da gravidez deixasse as aulas com impacto como o Combat e o Jump e que poderia continuar a fazer Pump (com algumas opções), Balance e Localizada.
A opinião da minha médica, nesta fase, é reduzir esforços, no entanto não desaconselhou exercícios físicos como natação, yoga e até musculação com menos peso.
O meu problema agora é mesmo o papá que não aceita, de modo nenhum, que o Pump seja aconselhado e diz que lhe faz muita confusão que eu o pratique. Quanto a mim… preciso mesmo de fazer mais exercício porque estou a deprimir apenas com 2 aulas de body balance que há no meu ginásio e é o que estou a fazer por agora. Agradeço a sua opinião em relação à prática de Body Pump nesta fase da gravidez!
 
Andreia

 

 

 


 


 
 

Olá Andreia,

 

Os meus parabéns pelo seu bébé! Os conselhos da sua médica são muito importantes e na minha opinião correctos. Percebo perfeitamente que queira praticar desporto, mas não faça nada de que se possa vir a arrepender mais tarde.

 

Aqui ficam os meus conselhos:

1 - Elimine os "saltos" e as "corridas" do seu treino;
2 - Durante a gravidez não se esqueça que o seu organismo vai estar sujeito a uma alteração hormonal e um acréscimo de peso que vão alterar a sua resposta ao esforço. Por isso, continue  a fazer exercício mas sem ter sensação de fadiga exagerada. Dê tempo ao seu corpo para recuperar!

Este não é o momento de fazer actividades físicas "radicais" ou intensas nem usar os pesos mais "pesados!" Tente manter uma actividade de baixa intensidade (aeróbia sem impacto, step na altura mais baixa e sem saltos, por exemplo). Deve encarar a hipótese de ter que introduzir um dia de repouso a meio da semana. Por que não aproveita para fazer uma massagem ou uma sessão de alongamento?
 Em conclusão pode fazer exercício desde que não seja de grande intensidade (o que não me parece ser o caso das actividades que refere)  e com muito  impacto. A preocupação é de mãe e filho poderem disputar as reservas de oxigénio mas neste caso é preciso estar a fazer exercício acima de 70% a 80 %do VO2 máximo
Todos os exercícios de alongamento, trabalho localizado ou cardio-vasculares de baixa intensidade só podem fazer bem porque aumentam a oxigenação de ambos
Felicidades!
 
Isabel Fragoso
Longaevitas Wellness Care Center

 

 
214220091

 

2 comentários

Comentar post