Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

05
Set07

Aumento de peso

Longaevitas

Olá, visitei o seu blog e adorei-o, foi bem merecido colocarem-no no destaque dos blogs
do sapo. Parabéns! O meu problema, melhor dizendo, a minha dor de cabeça é o facto de não
me conseguir alimentar com um quantidade de alimentos suficiente para a minha idade
durante as refeições. Já fiz análises e exames médicos e estou de perfeita saúde, mas não
consigo ter grande apetite e não consigo aumentar o peso. Faço uma alimentação
equilibrada posso afirmá-lo, pois pelas 7.15h tomo uma meia de leite, 8.15h tomo um leite
chocolatado, 10.30 uma sandes de queijo e fiambre ( ou outro) e um iogurte, 12.15h
almoço- geralmente baseio-me em cerca de 2 pratos de sopa, 16.30h uma sande e um sumo e
pelas 20h faço um jantar saudável. Penso que faço o que é devido, pelo menos o meu médico
de família diz que me comporto bem, mas tenho 20 anos, meço 1, 60cm aproximadamente e só peso...45 kg. O que fazer? Obrigada

Olá,

Obrigada! Ainda bem que gostou do nosso blog, espero que ele possa de alguma forma ser útil e esclarecedor. Eu depois de ler a suas questões fiquei sem perceber exactamente se o seu problema é aumentar de peso se são as dores de cabeça. Mas comecemos pelas dores de cabeça. Como já deve ter lido as dores de cabeça podem ter origens diferentes mas como referiu podem estar relacionadas com a alimentação e com alguns produtos em especial: como produtos lácteos e derivados como seja leite, iogurtes, manteiga, natas e queijo (neste caso substituir por produtos lácteos vegetais), vinho (e muitos produtos fermentados e com fermento), café, chocolates, citrinos, gorduras...etc.

As suas dores de cabeça podem estar realmente relacionadas com reacções adversas a alimentos. Os alimentos são muita vezes responsáveis por vários problemas de saúde como as inflamações e alergias alimentares. As alergias  são reacções de hipersensibilidade a certos alimentos. Neste caso o corpo reage através de mecanismos imunológicos, ou seja, produzindo anticorpos (ou imunoglobulinas, do tipo IgE ou do tipo IgG); estas reacções provocam a libertação de "histamina", e de outros “mediadores” responsável pelos sintomas sentidos. Podemos ter reacções rápidas a estas chamamos alergias (IgE) ou reacções lentas que normalmente são chamadas intolerâncias e podem demorar vários dias até aparecerem, o que torna a detecção dos alimentos agressores muito difícil.

As alergias retardadas (intolerâncias), acontecem por reacção ás proteínas dos alimentos mal digeridos, que entram para dentro do corpo e às quais se juntam anticorpos formando complexos imunogénicos tóxicos que entram na corrente sanguínea provocando processos inflamatórios muitas vezes graves. Quem sofre de intolerância acumula, sem saber, elementos agressores a que chamamos de alergenos e fica assim sujeito a um processo lento de inflamação, que traz complicações em diferentes orgãos e tecidos. Porém, a sua identificação não é fácil de fazer, porque as reações não são imediatas. Terá de recorrer a um teste de intolerância alimentar, tal como o Yorktest. O Yorktest é um teste imunológico, e testa uma outra classe de imunoglobulinas, as IgG. É uma solução muito prática que pode ser utilizada em casa. O teste analisa a reacção a 113 alimentos, e os resultados, indicam os alimentos que são para eliminar e os que pode incluir na sua nova dieta.

Para aumentar de peso seria necessário primeiro avaliar o gasto que faz diariamente em actividade física. Pela descrição que fez não consigo perceber se é muito activa ou pouco activa mas considere, como exemplo, que uma hora a andar pode corresponder entre 250 e 400 kcal dependendo do peso e da velocidade a que se anda. Depois considere que um indivíduo sedentário com o seu peso deveria ingerir cerca de 1400 kcal e some a este valor o que julga ser o seu dispêndio em actividade física. Encontrou desta forma as calorias que deve ingerir diariamente para não emagrecer.

Para engordar cerca de um kilo por mês tem que ingerir acima das suas necessidades calóricas diárias mais 250 kcal. Para fazer a contagem das suas calorias vá ao blog e procure os valores apresentados pelo “Food Exchange System”.

 

Algumas indicações para aumentar a ingestão calórica sem grande esforço visto não ter muita fome.

1.      Beba leite e se possível gordo com 1 a 2 % de gordura (tem mais 15 a 30 kcal cada copo). Atenção que no seu caso como se queixa com dores de cabeça possivelmente seria indicado beber leite de soja, arroz ou aveia

2.      Beba batidos de fruta e utilize frutos secos como “snaks”

3.      “Snaks” – quatro vezes ao dia (frutos secos e sementes)

4.      Nunca ingira mais de 30% das calorias em gorduras mesmo querendo aumentar o peso

Se precisar de outro tipo de apoio diga. Obrigada pela sua visita tão simpática!

 

Longaevitas Wellness Care Center

www.longaevitas.pt

214220091

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.