Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

Exercício e Saúde

by LONGAEVITAS.pt

13
Jan12

Comer depressa (2)

Longaevitas

(continuação de dia 12.01.2012)

O trabalho da investigadora portuguesa Júlia Galhardo mostrou que há duas hormonas do sistema digestivo e circulatório: a grelina, que é segregada pelo estômago, e que induz a fome, e o péptido YY, que é libertado pelas células intestinais em resposta à alimentação, e que promove a sensação de saciedade.

Os 500 jovens foram dividos em dois grupos. Aos participantes de um dos grupos, o grupo estudado, foi dada uma balança electrónica que lhes permitia pesar os seus pratos ao almoço e jantar. A velocidade de ingestão deste mesmo grupo foi imposta externamente obrigando os sujeitos a ingerir entre 300 a 350 gramas de alimentos cada 12-15 minutos.

Sempre que os participantes comiam a um ritmo superior ao pré-definido eram alertados para reduzirem a velocidade de ingestão.

O segundo grupo, grupo de controlo, foi apoiado com aconselhamento dietético e de actividade física.

"Ao fim de 12 meses fizémos a avaliação dos grupos 'O Índidice de Massa Corporal (IMC) do grupo que utilizou balanças mostrou uma redução deste parâmetro significativamente superior do que o grupo de controlo'. Isto deixou-nos muito satisfeitos pois estamos a falar duma forma barata e acessível para qualquer pessoa perder peso" disse Júlia Galhardo.

A investigadora referiu que é do senso comum dizer que comer mais devagar aumenta a saciedade mais depressa, evitando o aumento de peso, mas até agora ninguém tinha demonstrado as consequências hormonais resutantes deste comportamento.

(continua amanhã)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.